quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Denis, jusqu'à la prochaine fois.

E agora? Quem vai chagar na minha casa e dizer: " Oi Baah, oi mãe" com aquela carinha de quem acabou de aprontar alguma? Quem vai me chamar no msn 00:00 falando que é hora da criança estar na cama? Quem eu vou chamar de viadinho? Quem vai desviar do meu abraço depois de ter ganhado um tapa no pé do ouvido? Quem eu vou ameçar de dar uma surra se não parar de fazer "merda"? Quem vai me pedir o link da musica do A Skylit Drive? Quem vai pedir pra eu tocar o solinho de Hold The Heathen Hammer High, ou pedir pra eu ensina a tocar Crewcabanger? Quem fazer o gutural de Cheyne Stokes comigo? Quem vai cuidar da Grabriela? Quem vai no show do Paramore comigo? Quem vai salvar o meninos no RPG? Quem vai ser meu filho caçula?

Há tanta coisa que eu queria ter te falado, há tanta coisa que eu queria ter feito... Uma vezes quando tive uma das minhas 'crises'. Você me abraçou e me pediu chorando, pra eu nunca te negasse uma abraço, lembra? Depois daquele dia nunca mais nos abraçamos, não por que eu neguei, você nunca mais pediu... Queria tanto conversar com você pra perguntar o que houve... Mas depois que vi suas mudanças comecei a entender. Vou guardar isso sempre comigo. Quero que saiba que estou orgulhosa de você. Leão. Nunca te disse, agora é tarde... Mas, eu te amo. E nunca achei que sentiria tanto a sua falta. De menor...


Denis, n'oubliez jamais que vous serez toujours mon plus jeune fils. Je t'aime.

Jusqu'à la prochaine fois, mon petit.

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

200 anos depois...

... estou de volta galerinha, vou dar continuidade nesta porcaria. Continuarei com a mesma proposta de antes, de tentar postar coisa inteligentes ou pelo menos interessante de ler.
Hoje vou postar um vídeo de Felipe Neto. Para falar de uma coisa, defasada e batida. E antes de começar a fuleiragem, não, eu não sou paga pau do Felipe Neto admiro o trabalho do cara e vou tê-lo como base para algumas ou várias de minhas postagens.

Preconceito.

Se tirou um pouco do seu tempo para assistir esse vídeo, espero no fundo da minha alma que tenha absorvido coisas positivas.

E outra coisa que eu gostaria de pedir é: Respeito! Porra, cara não é difícil não precisa aceita, engolir etc. Só respeite, seja otaku, negro, gay, travesti, lésbica careca, cabeludo, magro, bonito, feito, pobre, gordo, espírita, satanista, crente, ateu, budista, colorido(o.O), rico, argentino, corinthiano, doente, velho, infantil. Seja lá a porra do preconceito que tiver, para um pouquinho pra pensar que é ser humano que nem você, se pelo menos tiver consciência disso penso eu que, ao menos respeito por tal pessoa você terá.

Então é isso. É o que tem pra hoje.

Siga: @venonkhol, @felipeneto

Comentem xD

Abração.

Ps: Provavelmente minha postagem seram por volta das 4 da matina.
Ando zumbizando muito ultimamente. Vou começar da dar valor nisso aqui.

terça-feira, 24 de agosto de 2010

...

PT1
Nao é exatamente um poema que eu escrevo hoje... Desculpa, galera!
Meu apelido é Kah mermo, então que fique só por isso... Hoje eu to meio 'away' de mim mesma, então vai ficar sem nexo - fazer o que - pra maioria... aahuauhauhuha.

eu queria não ter te conhecido, não ter sentimentos que ainda nutro hoje... o destino eh foda, nee?
pra variar eu to aqui,mais uma vez pensando em você e chegando à estupida conclusão de que se eu pudesse dormiria pra sempre! Mas de que adiantaria? u_u
É inutil, vc me faz querer fugir....

De qualquer modo... Íamos fazer 3 anos, né? (=


Aah.. Cansei... eu acho que.... eu devo aprender o significado de 'desista' quando o assunto é ela...

Himme, escreve um poema bonitinho aí vai.




PT2
Então estamos aqui, sentadas frente à frente.
O que costumávamos ser, morreu?
Sinto que meus olhos te evitam, suas mãos mexem no copo, nervosa.
Não vai ter sorrisos agora, né? Isso é real...

"eu não sei..." - tudo começou com essa frase.
Meus olhos se enchem de lágrimas, enquanto esperava o final da frase...
"Não sabe...?"
"Se...."

Nessa frase interminável, nesse pensamento teu inacabado, sinto seu sofrimento, sua negação em terminar a frase...
A frase que salvará a minha vida - ou a que pode arruinar a sua.
"Vamos, me fale... Por favor"

"Se eu vou viver sem você"
De forma tão sincera, tão dolorosamente real, sem receios.... Consumamos nosso amor...
Eu te amo, amor.... *-*

Oi! Eu sou a Himme... Vou postar aqui também... Por ora é só... Cuidem-se ;*

Obs: Simplesmente amo, sei que as vezes não parece, esse meu jeito meio rude ainda te assusta, essas palavras que ainda insisto dizer em silencio confundindo você... Perdoe-me...


Pois então pessoal, a interpretação deixarei a critério único e exclusivo de vocês, esse post está fora do padrão que eu pretendia seguir. Quem gostou bate palma, que não gostou vai tomar no cu, porque eu não te obriguei a ler até aqui.


Blume Von Gift/ Baah Venon

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Isso me envergonha!

Hoje estou aqui, para falar de umas das minha indignações no mundo gay.
Não é novidade para ninguém, sou lésbica. E não há problema nenhum nisso.
O que me entristece e me "emputece" é fato de algumas pessoas usarem estereótipos do tipo: "Todo gay é drogado", "Todo gay é escandaloso", "Toda lésbica gosta de confusão", entre outros.
Na boa estou de saco cheio dessa palhaçada. Cansada de toda essa generalização.
Mas eu não tiro a razão de que quem pensa dessa forma, porque vamos combinar, o mundo gay é uma merda! Tenho total direito de falar porque vivo nele, faço parte dele.
Ser gay, virou sinônimo de escandalização, vulgarização e perversão, isso porque os componentes desse "mundo", em sua grande maioria, agem de forma escandalosa, vulgar e pervertida.
Então para que pedir, exigir e lutar por respeito se eles/nós não nos respeitamos? Por que lutar por direitos se nós fazemos de nossas vidas uma bela putaria para a sociedade apontar o dedo na nossa cara e nos dizer que não podemos? Fala sério!Há pessoas(homossexuais)que vão a parada gay e não fazem ideia do que estão fazendo lá, ou até fazem, mas não condiz com sentido real de uma parada gay.
Caramba, se tu é homossexual e está lendo isso, faço um apelo, pare pra pensar em suas atitudes como gay. Ter uma orientação sexual diferente não vai te fazer melhor ou pior, isso realmente não é importante. O que vai fazer diferença são as suas atitudes, porque escandaloso, vulgar, drogado e pervertido qualquer hetero pode ser!
Valorizem-se, respeitem-se! Depois exija isso dos outros!

Baah Venon (Venon Khol)

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Como se estivessemos todos juntos.

Me sinto tão bem que seria capaz de ser indiferente a tudo que venha de você

Enfrentaria o diabo, o faria em pedaços só pra sentir a verdade escondida

Me sinto tão bem que me alimenteria dos sentimentos mais podres vindos de sua doentia

Escrito por Naaro.


Entre e faça silêncio, saiba que não é digno de entrar aqui.

Você é só uma vaidade, é só um capricho.

Não digue nada a menos que eu lhe dê o deireito a fala.


Escrito por Shiiu Treva.


Compulsivo, repulsivo e falso.

Doente, discrente, ausente e quente.

Irresistivél, traíra e duas caras.

Verdades que jamais seram reveladas.

Parabéns, ela o idoladra!


Escrito por Blume Venon


Triste e quebrado anjo

Deixe que eu aproxime apenas pra colocá-lo em meu colo

Me dobrarei para que meu amor não de alcance.

E deixarei que apenas a tristeza de seus olhos me ilumine, anjo...

Deixe que eu me aproxime


Escrito por L.Priscilla