quinta-feira, 19 de novembro de 2009

''_Obrigada por ontem, foi simplesmente perfeito, não sabia que tu era assim tão ''suave''. Como sempre supreendente.
Disse Mel ao acordar e ver Sam errolada na toalha da cintura para baixo debruçada na pia do banheiro do quarto de Mel.
_Não por isso, tu não sabe o bem que me fez. Mel, se alguma vez parecer que eu usei você, desculpe-me, mas não é o que eu quero demostrar. E enquanto estivermos juntas darei o melhor de mim para retribuir to o amor que a mim.
Mel, chora. Sam se aproxima, enxuga suas lágrimas e a abraça forte.
_Promete, que mesmo que não fiquemos juntas estará sempre por perto?
_Por que isso agora?
_Porque apesar de te desejar, te amar e quase que te venerar, sei que teu coração a mim nunca pertencerá.E para me sentir bem basta sua presença.
Sam se envergonha e diz:
_Considere isso com um 'sim' e a beija...''

L.Priscilla

Nenhum comentário:

Postar um comentário